Mudança de site: a estratégia parece que resulta…

Após ter lançado este novo site ao fim de uns dias, parece que a estratégia está a resultar: o número de mensagens novas que iam parar ao meu email a pedir encontros e convites sexuais reduziu-se drasticamente. O número de emails por dia agora anda à volta dos 5-10, e normalmente são mails “que interessam”, ou seja, a informar-me de coisas que estão a acontecer no YouTube e nos poucos sites onde ainda tenho alguma informação. Acabaram-se as 50 ou 100 mensagens diárias a dizer “és gira” ou “comia-te toda” ou “dá-me o teu MSN”.

Em todos os sites sociais agora só tenho uma única foto no meu perfil, um perfil minimalista, e um link para este site. Como ando a dizer há anos, ninguém na realidade lê os perfis. Ou melhor: são muito poucos os que lêem, e são justamente esses que interessa manter como contacto. O que significa que esses são os que efectivamente vêm aqui a este site, lêem mais sobre mim, e logo se apercebem — ou não — do tipo de pessoa que sou e do que ando por aqui a publicar. Como eu na realidade não interesso a 99% das pessoas que andam pela ‘net fora, isso significa 99% menos “lixo” com que me preocupar! 🙂

Já devia ter feito isto há mais tempo. Mas nunca arranjava um tempinho para o fazer. Especialmente porque já devia, há muito tempo atrás, ter compreendido que os sites sociais só servem para uma única coisa: combinar encontros para quecas. Há excepções — claro que sim. Mas as excepções sabem onde me procurar e como entrar em contacto comigo. O resto, francamente, não interessa.

Além disso, sinto-me agora muito menos “exposta” na ‘net. Estou visível para quem sabe o que procura, mas o “mundo em geral” terá alguma dificuldade em encontrar-me: os meus perfis, vazios de fotos, são desinteressantes para quem anda à procura apenas de sexo fácil…

%d bloggers like this: